domingo, 13 de março de 2011

ROMEU + JULIETA

ROMEU + JULIETA (William Shakespeare's Romeo and Juliet, 1996, 20th Century Fox, 120min) Direção: Baz Luhrmann. Roteiro: Baz Luhrmann, Craig Pearce, peça teatral de William Shakespeare. Fotografia: Donald McAlpine. Montagem: Jill Bilcock. Música: Nellee Hooper. Figurino: Kym Barrett. Direção de arte/cenários: Catherine Martin/Brigitte Broch. Produção: Baz Luhrmann, Gabriella Martinelli. Elenco: Leonardo DiCaprio, Claire Danes, John Leguizamo, Paul Rudd, Pete Postletwhaite, Paul Sorvino, Brian Dennehy, Diane Venora, Christina Pickles, Harold Perrineau Jr., Vondie Curtis-Hall, Miriam Margoyles, Jamie Kennedy, Jesse Bradford. Estreia: 01/11/96

Indicado ao Oscar de Direção de Arte/Cenários
Festival de Berlim - Melhor Diretor (Baz Luhrmann), Melhor Ator (Leonardo DiCaprio) 

A primeira cena já dá uma pista sobre o que vem pela frente: em vez de empolados arautos em roupas de época, uma apresentadora de telejornal anuncia o que a plateia verá nas próximas duas horas. Com uma montagem frenética e ruidosa, Baz Luhrmann desconstrói o preconceito contra a tradição e entrega sua versão lisérgica, sexy e violenta de uma das mais famosas histórias de amor da história do teatro. "Romeu + Julieta" é mais do que uma refilmagem da mais clássica obra de Shakespeare: é a reinvenção em formato MTV de uma trama universal que vem emocionando gerações há muitos séculos. E como não poderia deixar de ser, a ousadia do cineasta australiano encontrou tanto admiradores apaixonados quanto detratores ferrenhos.

Não é de admirar que os puristas tenham se chocado com a coragem de Luhrmann (diretor do divertidamente brega "Vem dançar comigo"): apesar de manter o texto de Shakespeare intacto, ele substituiu espadas por armas de grosso calibre, transformou Mercúcio em uma drag-queen negra, apresenta um padre Lourenço tatuado e, no primeiro encontro do casal de protagonistas, o herói (vivido por um Leonardo DiCaprio em vias de tornar-se coqueluche mundial graças à "Titanic") está sob o efeito de ecstasy. Somadas a uma edição alucinante, um desenho de som que atinge os mais altos decibéis e uma direção de arte que eleva o kitsch a um status de arte (algo que Luhrmann já havia feito antes, e atingiria seu ápice em "Moulin Rouge" cinco anos depois), essas "transgressões" do cineasta australiano fizeram de "Romeu + Julieta" um dos filmes mais comentados do início da segunda metade da década de 90.

Para quem não sabe do que se trata - ou seja, quem não esteve no planeta Terra nos últimos quatrocentos anos - "Romeu + Julieta" (assim mesmo, com um sinal de adição ao invés do tradicional '&') conta a trágica história de amor proibida entre Romeu Montéquio (Leonardo DiCaprio) e Julieta Capuleto (a ótima Claire Danes). Herdeiros únicos de duas famílias cuja inimizade já vem de longa data - e que se transmite aos agredados dos clãs - eles se conhecem e se apaixonam durante uma festa à fantasia na Mansão Capuleto. Cientes dos problemas que seu romance irá enfrentar, o jovem casal conta com a ajuda do Frei Lourenço (Pete Postletwhaite), que acredita que o nascente amor poderá finalmente trazer paz à cidade de Verona (aqui transposta da Itália para uma praia ao estilo Miami). Mas as coisas saem do controle quando um primo de Julieta, Teobaldo (John Leguizamo) mata Mercúcio (Harold Perrineau Jr., da série "Lost"), melhor amigo de Romeu, o que precipitará uma tragédia de grandes proporções.


Quem espera ver na versão de Baz Luhrmann a delicadeza lírica da idealizada por Franco Zefirelli em 1968 certamente levará um susto. Na concepção anos 90 da história do bardo não há espaço para tempos mortos e até mesmo os belíssimos diálogos românticos entre os protagonistas são declamados de uma forma que soa nova, moderna e jamais vista. A famosa cena do balcão, por exemplo, tem lugar na piscina da casa de Julieta, filmada com precisão por Lurhmann e seu diretor de fotografia Donald McAlpine, aqui realizando um trabalho excepcional que explora a luz natural com sensibilidade ímpar: o auge do amor entre Romeu e Julieta é colorido, romântico, com belos crepúsculos, mas quando a desgraça se aproxima é a chuva agressiva e a noite mais negra que tomam seu lugar. E na dolorosa cena final é impressionante a soma perfeita entre o cenário ultra-colorido, a fotografia sóbria, a trilha sonora delicada de Neellee Hooper e as interpretações perfeitas do casal central. A química entre DiCaprio e Claire Danes (saindo da série de TV "Minha vida de cão") é tão sensacional que dá pra perdoar facilmente os momentos iniciais do filme, tão rápidos e barulhentos que talvez incomodem o público mais tradicional - e vale lembrar que Natalie Portman quase ficou com o papel de Julieta, só sendo substituída por Danes porque é baixinha demais perto de seu galã, o que, segundo a produção, poderia soar como pedofilia...

Mesmo com seus pequenos defeitos - mais culpa do estilo exagerado de seu diretor do que por falta de talento ou ambição - "Romeu + Julieta" cumpre tudo o que promete: é comovente, é moderno, tem uma trilha sonora espetacular - o filme se encerra com a magnífica "Exit music (for a film), do grupo inglês Radiohead - e preparou Leonardo DiCaprio para o megaestrelato que viria muito a seguir. Um drama romântico indispensável"

14 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Ah, eu gosto muito dessa versão, lembro de ter ficado em êxtase quando vi no cinema. Meu dvd duplo está aqui, mas adquiri recentemente o blu-ray - precisa ver a imagem, um espetáculo visual e a cena do aquário é linda!

Nossa, nem sabia disso sobre Portman, confesso que preferia ela que Danes. abs!

Rodrigo Mendes disse...

Apesar do escândalo Baz Luhrmann, o filme tem uma cativante trilha musical. E é puro Shakespeare: romântico e trágico, apesar das purpurinas de Luhrmann.

Abs.
RODRIGO

renatocinema disse...

Gosto muito dessa visão sobre esse clássico.

Respeito e admiro toda obra original. Mas, entendo que os cineastas modernos precisam contribuir com uma versão atualizada.

Ótimo filme na minha visão.

Silvano Vianna disse...

Inicialmente eu tive muito preconceito com essa versão, mas quando passou consegui aproveitar o que tem de bom no filme que é até interessante.

Paulo Camilo disse...

Filme que me marcou muito, mas de fato é um típico caso de ame/odeie...na medida para uns, demais para outros. Talvez seja como nós próprios ao encararmos o amor/paixão: uns caem de cabeça e outros petrificam assustados pelas possibilidades. É só perder o medo, atirar o preconceito para um lado, e se jogar!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Amo esse filme. É uma maravilha, mesmo com a insossa Claire Danes.
Abraços,

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

DE LUXE... disse...

AMO bazz,AMO suas resenhas (quer casar?)rs

Anônimo disse...

That is very interesting, You are a very professional blogger.
I've joined your rss feed and sit up for searching for extra of your great post. Also, I've shared
your site in my social networks
Here is my website Click On this website

Anônimo disse...

Howdy! I could have sworn I've visited this blog before but after going through some of the articles I realized it's new to me.
Anyways, I'm definitely happy I stumbled upon it and I'll be book-marking
it and checking back frequently!
my webpage - grow 3 inches

Anônimo disse...

Hi there I am so delighted I found your site, I really
found you by accident, while I was searching on Google for something else, Anyways I am here now
and would just like to say kudos for a tremendous post and a all
round thrilling blog (I also love the theme/design), I
don't have time to go through it all at the moment but I have book-marked it and also included your RSS feeds, so when I have time I will be back to read a lot more, Please do keep up the great job.
Feel free to surf my webpage : ikea furniture assembly service

Anônimo disse...

I am really loving the theme/design of your site. Do you ever run into any web browser compatibility issues?
A handful of my blog audience have complained about my site not working correctly in
Explorer but looks great in Safari. Do you have any tips to help
fix this issue?

Here is my web blog: saving money on laundry

Anônimo disse...

Great blog! Is your theme custom made or did you download it
from somewhere? A design like yours with a few simple tweeks would really make my blog shine.
Please let me know where you got your design.
Bless you

Check out my webpage - sparkle paper towels

Anônimo disse...

Way cool! Some very valid points! I appreciate you penning this post and the
rest of the site is extremely good.

Here is my weblog - http://www.jnmassage.Info

Anônimo disse...

Woah! I'm really loving the template/theme of this site. It's simple, yet effective.
A lot of times it's tough to get that "perfect balance" between user friendliness and visual appeal. I must say you've done a superb job
with this. Additionally, the blog loads extremely quick
for me on Internet explorer. Exceptional Blog!

Look into my web-site wildpartygirls.org