terça-feira, 24 de abril de 2012

UM MÊS, 31 FILMES - DIA 25 - MEU VILÃO PREFERIDO

Um diretor do porte de Martin Scorsese, um ator como Robert DeNiro e um roteiro que mistura violência física e psicológica. O que mais se pode esperar de um suspense? Max Cady, o ex-presidiário sedento por vingança urdido em "Cabo do medo" - refilmagem de "Círculo do medo", da década de 60 - é o vilão ideal do cinema: amoral, cruel e disposto a qualquer coisa pra atingir seus objetivos malignos, o que inclui violência sexual e homicídio. Nem mesmo os exageros do terço final do filme, que o transformam em um super-humano conseguem atrapalhar a sensação de pavor e tensão que o visual assustador de DeNiro causa no espectador. Vilão de primeira linha!

Um comentário:

Alan Raspante disse...

Ainda não vi Cabo do medo...
(Adicionado na imensa lista, rs)