terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

UM MÊS, 31 FILMES - DIA 16 - MELHOR-DURÃO-QUE-NO-FUNDO--É-CORAÇÃO-MOLE

Ele passou por western-spaghettis, por policiais setentistas e até viveu o cineasta John Huston em busca de um elefante em "Coração de caçador". Mas é como um homem sensível que Clint Eastwood atinge seu ápice como ator e personalidade. Na pele de Robert Kincaid, fotógrafo da National Geographic que entontence a dona-de-casa Meryl Streep em "As pontes de Madison", o velho e bom Eastwood já dava mostras de que por debaixo de toda aquela frieza aparente existia um coração. Mas foi como o treinador de Hilary Swank em "Menina de ouro" - que lhe deu seu segundo Oscar de direção - que ele provou que - mais que tiros - ele consegue arrancar lágrimas de esguicho de qualquer espectador com um mínimo de sensibilidade.

Eastwood é bom como durão! Mas é melhor ainda como um homem que chora!

4 comentários:

Paulo Rideaki disse...

Pô assisti esse filme ai!
Chorei muito no fim.
Mas vale a pena assistir pois é uma grande história de vida, pra motivar e incentivar qualquer pessoa!

Michelle disse...

Sou fã do Eastwood, mais como diretor do que como ator. Em "Menina de Ouro" ele arrasa nas duas funções.
Até!

Dora disse...

Descobri o blog hoje, pesquisando sobre um filme. Gostei muito das compilações, das inicações e e identifiquei bastante com os filmes que você gosta. Woody Allen e Almodovar também são grandes paixões. Favoritei seu blog!

Alan Raspante disse...

Nossa, agora que vi o seu indicado nesta categoria... Também indiquei ele :)

Eastwood é incrível mesmo!