quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

SUPERMAN, O RETORNO


SUPERMAN, O RETORNO (Superman returns, 2006, Warner Bros, 154min) Direção: Bryan Singer. Roteiro: Michael Dougherty, Dan Harris, estória de Bryan Singer, Michael Dougherty, Dan Harris, personagens de Jerry Siegel, Joe Shuster. Fotografia: Newton Thomas Siegel. Montagem: Elliot Graham, John Ottman. Música: John Ottman. Figurino: Louise Mingenbach. Direção de arte/cenários: Guy Hendrix Dias/Brian Dusting. Produção executiva: William Fay, Chris Lee, Scott Mednick, Thomas Tull. Produção: Gilbert Adler, Jon Peters, Bryan Singer. Elenco: Brandon Routh, Kevin Spacey, Kate Bosworth, James Marsden, Parker Posey, Eva Marie Saint, Frank Langella, Sam Huttington. Estreia: 21/6/06

Indicado ao Oscar de Efeitos Visuais

Depois de quase três décadas desde que Richard Donner fez com que o público acreditasse que um homem podia voar, o Homem de Aço voltou às telas - após anos e mais anos de especulações e projetos frustrados. Dirigido por Bryan Singer, o homem que fez dos mutantes da Marvel personagens extremamente rentáveis também no cinema com os dois primeiros capítulos de "X-Men", "Superman, o retorno" acabou decepcionando tanto os fãs mais fieis da cultuada personagem quanto seu estúdio, a Warner Bros. Mesmo tendo rendido quase 400 milhões de dólares mundo afora, a nova aventura do filho de Jor-El dificilmente pode ser considerada um grande sucesso: com seu custo estratosférico de 200 milhões, ele no máximo pode se gabar de não ter dado prejuízo (a ponto de um novo filme, com elenco e diretor diferentes, estar com data marcada de estreia para maio deste ano).

Apesar das pedradas de boa parte da crítica e do sabor de anticlímax experimentado pela plateia, porém, "Superman, o retorno" não é tão ruim quanto parece. Mesmo que esteja longe do fascínio e da diversão do primeiro exemplar - estrelado por Christopher Reeve em 1978 - a reinvenção da trama nas mãos de Singer é muito mais decente - e tem mais personalidade - do que dezenas de adaptações de super-herois que chegam às telas e seduzem o público com campanhas de marketing mais eficazes do que o produto. O filme de Synger - que também tem no currículo os excelentes "O aprendiz" e "Os suspeitos" - tem alguns pecados bem graves, mas também proporciona ao espectador alguns momentos de puro e delicioso entretenimento escapista.



Ao contrário da tendência da época de seu lançamento, que era de contar as origens dos heróis, em "Superman, o retorno", como o próprio título indica, isso não acontece. Não é mostrada ao público a gênese da personagem, como ocorreu no filme clássico de Donner e sim uma continuação de suas aventuras. Quando o filme começa, o Superman (vivido por Brandon Routh, adequado mas sem muito carisma para segurar um papel tão icônico) volta à Terra, depois de cinco anos afastado em uma viagem a seu planeta de origem. Seu retorno abala a paz da jornalista Lois Lane (a fraquinha Kate Bosworth, que quase põe o filme a perder), que está bem casada com Richard White (James Marsden) e tem um filho pequeno. Seus problemas pessoais acabam sendo postos de lado no momento em que ele descobre um plano de Lex Luthor (Kevin Spacey) de destruir a California para criar um novo território de sua propriedade.

É fácil de apontar os problemas de "Superman, o retorno". Seu início claudicante - que demora a engrenar - é apenas o primeiro deles. A escolha da fraca Kate Bosworth como Lois Lane (muito mais ativa aqui do que na versão mais famosa) também compromete bastante o resultado final. E, mesmo que mantenha o clima de humor que consagrou Gene Hackman na obra de Donner, o Lex Luthor de Kevin Spacey escorrega frequentemente no cômico sem graça (felizmente, Parker Posey como sua fiel Kitty Kowalski está ótima). Mas, tirando esses pequenos defeitos, o filme de Bryan Singer não mereceu toda a saraivada de achincalhes que sofreu em sua estreia. É tecnicamente competente, não estraga a mitologia do protagonista e, ainda que se estenda demais em seu terço final, consegue divertir. Merece uma revisão!

4 comentários:

Marcelo keiser disse...

Nunca assisti a esse filme, porém estou ansioso pelo lançamento do filme dirigido por Zack Snyder, já que adorei aos spots do filme que vi na internet. Parece o máximo, apesar de parecer que apenas vai recontar a história do Homem de Aço.

abraço

marcelokeiser.blogspot.com.br

Rafael Oliveira disse...

É meio broxante, se arrasta demais em certas passagens, mas ainda é um bom filme, com cenas de ação estupendas.

Alan Raspante disse...

Já vi o filme, mas faz tanto tempo que eu nem me lembro mais. Preciso rever!

mariana castelo disse...

Eu assisti o filme varias vezes e n achei motivo pra alguns sites falar tão mal, na verdade foi meu filme preferido do Superman até esperei uma continuação o que não ocorreu...

Então como escritora mirim decidir criar uma continuação para Superman o Retorno : aqui o link https://nyah.com.br/historia/569131/Superman_o_retorno_2/
espero que deem uma conferida, avisos esta tudo certo diante da lei pois é uma fic.